• Geral

    Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017

    A Pantone revelou a cor do ano de 2018. Escolhido por trazer um espírito invetivo e um olhar focado no futuro, o Ultra Violet é um tom que traz em si os mistérios do cosmos, a curiosidade pelo o que está por vir e o desejo de perseguir um mundo além do nosso. Outra forte característica do roxo é a sua relação com cenários sofisticados e, por que não, com aquele toque especial de drama. Para iniciar mais essa semana de trabalho, que tal esse home-office que, além do tapete e da parede arroxeados, traz na mesa (que pode ser também uma penteadeira) um roxo mais vivo e bem próximo do tom exato da Ultra Violet da Pantone?

    (0) Comentar
  • Pisos

    Domingo, 10 de Dezembro de 2017

    Inspire-se neste projeto da arquiteta Debora Aguiar com o piso Madeyra Vecchia. Na Aldeia tem!

     

    (0) Comentar
  • Geral

    Sábado, 09 de Dezembro de 2017

    Que tal aproveitar o Natal, que está chegando, para dar aquela boa renovada na sua biblioteca? Pensando nisso, separamos aqui algumas opções incríveis de livros, relacionados ao universo da arquitetura e do décor, que estão chegando agora às livrarias. Confira cada um deles e escolha o seu!

    1. Coleção Arquiteturas - André Vainer e Guilherme Paoliello

    A Editora da Cidade, da Escola da Cidade, lança mais um livro da série “Coleção Arquiteturas”. Desta vez, a obra organizada pelos professores Anderson Freitas e Cesar Shundi Iwamizu, em conjunto com alunos, apresenta os trabalhos mais significativos dos arquitetos André Vainer e Guilherme Paoliello. São projetos de 1980 e 2010, época em que atuavam juntos no escritório AVGP, e contribuíram para o desenvolvimento do cenário arquitetônico paulista. Por R$ 80, com 280 páginas.

     

    2. Gisele Taranto - Arquitetura

    Formada em arquitetura e urbanismo na Universidade Santa Úrsula no Rio de Janeiro, Gisele Taranto conta sua trajetória profissional neste livro que reúne 17 projetos luxuosos, entre edifícios corporativos, casas, apartamentos e mostras de decoração, criados por ela nos últimos 10 anos. Publicado pela Zeta Editora, por R$ 249, com 288 páginas. 

     

    3. Studio Arthur Casas

    Nesta edição revisada e ampliada pela Zeta Editora, 33 trabalhos desenvolvidos pelo arquiteto Arthur Casas entre 2008 e 2017 ganham destaque. São projetos recentes e inéditos dos mais variados tipos, como o hotel Emiliano, no Rio de Janeiro, o restaurante Kosushi, em São Paulo, e até uma linha de relógios desenhada para a H.Stern. A obra conta ainda com textos assinados por grandes autores brasileiros e estrangeiros - Philip Jodidio, Maria Cecilia Loschiavo dos Santos e Fernando Serapião estão entre eles. Por R$ 297, com 376 páginas. 

     

    4. Cadas

    Com desenhos feitos à mão e uma percepção muito pessoal sobre cada elemento construído, o arquiteto Cadas Abranches comemora 38 anos de carreira com um livro especial. A edição bilíngue discorre as lembraças e inspirações do profissional a partir de 21 projetos inéditos, a maioria residenciais, que passeiam pelo eixo Rio-São Paulo. Da Zeta Editora, por R$ 297, com 336 páginas. 

     

    Vale lembrar que eles são ótimas opções para você presentar aquele amigo ou familiar que também é apaixonado pelo assunto!

    (0) Comentar
  • Geral

    Sexta-Feira, 08 de Dezembro de 2017

    A Pantone já determinou qual será a cor do ano de 2018: um tom mais sóbrio de roxo chamado Ultra Violet, que, segundo a marca, comunica originalidade, engenhosidade e um pensamento visionário.

    Substituindo o Greenery, o tom vem como uma forma de "iluminar" o ano que chega e foca no futuro com muita "imaginação, ingenuidade e visão". No comunicado publicado no site oficial da marca, eles explicam exatamente o que a cor sugere. Leia:

    "Complexa e contemplativa, Ultra Violet sugere o mistério dos cosmos, a vontade de saber o que está adiante, e as descobertas além do que somos agora. O vasto e sem limites céu da noite é um simbolo do que é possível e continua a inspirar o desejo de conquistar um mundo além do nosso.

     

    "Roxos enigmáticos também são, há muito tempo, um simbolo da contracultura, não convencionalidade e maestria artística. Musicos como Prince, David Bowie e Jimi Hendrix trouxeram tons de Ultra Violet para a linha de frente da cultura pop ocidental como uma forma de expressão de individualidade. Cheia de nuances e emoção, a profundidade da PANTONE 18-3838 Ultra Violet simboliza a experimentação e não conformidade, indivíduos com estímulo para imaginar suas marcas únicas no mundo e de quebrar barreiras por meio da expressão de criatividade. 

     

    "Historicamente, existe uma qualidade mística e espiritual atrelada ao Ultra Violet. A cor é muito associada a práticas de mindfulness, o que oferece mais planos para aqueles que procuram um refúgio do mundo caótico de hoje em dia. O uso de luzes com tons de roxo em espaços de meditação e em outros lugares energiza as comunidades que se juntam lá e inspira conexão". 

     

    (0) Comentar
  • Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017

    Quem não gosta de um cafezinho logo cedo, para dar aquela animada ou, a tarde, durante a reunião de negócios, né? Uma coisa é certa, para os amantes dessa bebida não importa a hora, um café é sempre bem-vindo! 

    Sabendo disso, o Starbucks inaugurou em Xangai, na China, uma loja gigante, de 2.700 metros quadrados, que refletirá uma experiência sensorial imersiva. A unidade superpremium conta com um espaço luxuoso e interativo, que permitirá aos clientes chineses entenderem melhor o processo de torra e preparo de vários cafés da Starbucks, incluindo os cafés limitados e raros da Starbucks Reserve. O local segue a lógica "roastery", como é chamada a linha de lojas de torrefação, lançado em Seattle, Washington, em 2014. Nesses dois Starbucks, são vendidos itens mais sofisticados, como chás infundidos com gás nitrogênio. A ideia é que ele se torne um ponto turístico da China, aproveitando-se da moda local pelo "gourmet" - atualmente, o país representa mais de 30% do consumo de bens de luxo no mundo. Com isso, o ambiente é o mais bonito da rede. Vale a pena conferir não só o café, como também a arquitetura do local:

    Depois desse post já ficou com vontade de tomar um quentinho, feito na hora? Venha aqui na Aldeia, tome um café com a gente e conheça as nossas opções de produtos!

    (0) Comentar
  • Viagem

    Quarta-Feira, 06 de Dezembro de 2017

    Já decidiu seu destino para curtir as férias de fim de ano? Que tal aproveitar esse visual do Lago Baikal, na Rússia? É o maior e mais profundo logo de água doce do mundo. 

    Incrível, né? Sua paisagem fica ainda mais de tirar o fôlego no inverno, quando ele congela.

    (0) Comentar
  • Revestimentos

    Terça-Feira, 05 de Dezembro de 2017

    Que tal montar sua cozinha com ladrilhos hidráulicos? Esse revestimento é fabricado artesanalmente, tem o concreto como matéria-prima e precisa ser curado em água. Ou seja, depois de pronto, fica de molho num tanque para eliminar as imperfeições. 

    Fabricação à moda antiga

     

    Presente em grandes monumentos arquitetônicos do mundo, como a Catedral de São Marcos, em Veneza, o ladrilho hidráulico é um clássico. Reinventado para os dias de hoje, ele ganha ares contemporâneos e exibe estampas exclusivas, criadas por artistas, arquitetos e designers.

    Ladrilho hidráulico da coleção 17th Century, design Deborah Osburn

     

    Inspire-se com alguns projetos:

    O revestimento, de estampas variadas e coloridas, vai bem no piso. Comporta-se como um tapete estampado. 

    Projeto: José Ricardo Basiches 

     

    Aplicados nas bancadas ou nas paredes permitem muitas combinações com a marcenaria e uma boa solução para um décor de personalidade com ar retrô.

    Projeto: Hiperstudio 

     

    Para ir além, vale misturar estampas diferentes, mas que conversam entre si, na parede e no piso. 

    Projeto: AM Studio

     

    Sabia que nós também temos opções lindas de revestimento aqui na Aldeia? Venha nos visitar e escolher o melhor para a sua casa!

    (0) Comentar
  • Geral

    Segunda-Feira, 04 de Dezembro de 2017

    A tendência industrial está presente no “Estúdio Gourmet” assinado por Mauricio Bomfim na Casacor Minas 2017!

    Foto: Daniel Mansur

     

    Para esse tipo de ideia e todas as outras, a Aldeia tem linhas de cooktops, fornos e coifas e, louças e metais disponíveis no showroom! Estamos te esperando!

    (0) Comentar
  • Geral

    Domingo, 03 de Dezembro de 2017

    O domingo é um dia perfeito para colocar a leitura em dia! Para te inspirar, que tal esse túnel de livros em uma livraria na China. Impressionante, não?

     

    (0) Comentar
  • Gastronomia

    Sábado, 02 de Dezembro de 2017

    Tipicamente brasileira, a feijoada é uma paixão nacional e prato quase obrigatório para o almoço de sábado, né? Se você vai receber os amigos para o almoço e deseja inovar com algo nada muito difícil ou elaborado, não deixe de conferir essa versão sem carne do tradicional prato brasileiro!

     

    Receita de feijoada vegetariana

    Ingredientes

    500 g de feijão preto
    1 cabeça de alho
    2 cebolas
    1 salsão
    200 g de cogumelo paris
    200 g de shimeji
    2 berinjelas
    4 beterrabas
    1/2 abóbora japonesa
    4 cenouras
    500 g de tofu defumado
    2 pimentas dedo de moça
    1 maço de salsa
    1 maço de cebolinha
    1 maço de coentro
    4 colheres de sopa de azeite extra virgem
    4 folhas de louro
    Sal rosa a gosto

    Modo de preparo

    Deixe o feijão de molho por 24 horas, trocando a água a cada 8 horas. Então, coloque em uma panela cheia de água, com sal e as folhas de louro, e cozinhe até a metade do tempo necessário. Reserve. Corte as berinjelas em cubos grandes, a beterraba em 8 partes iguais, as cenouras em rodelas, a abóbora em triângulos e o tufu defumado em cubos pequenos. Pique o alho, a cebola e o salsão finamente. Em uma frigideira, salteie a berinjela e, em seguida, os cogumelos com óleo de girassol e alho. Reseve. Regue a abóbora e a beterraba com um fio de óleo e leve ao forno por 20 minutos. Reserve. Em outra fridigeira, faça um refogado com alho, cebola, salsão, pimenta dedo de moça e talo de salsinha. Adicione o refogado ao feijão, ligue o fogo novamente e quando começar a ferver, adicione os legumes, os cogumelos e o tofu e deixar apurar até que o feijão fique cozido e o caldo grosso. Finalize com as ervas frescas, azeite e sal rosa. Sirva com arroz, farofa e couve refogada. 

    Arrisque fazer em casa e comprove você mesmo que tudo sairá exatamente com aquele gostinho delicioso!

     

    Fonte: Receita do chef Thiago Medeiros para a Casa Vogue.

     

    (0) Comentar
  • Posts anteriores
  • Loja Goiânia

    (62) 3093 1717

    Newsletter

    Para receber as novidades da Aldeia, cadastre seu e-mail aqui: